Balneário Camboriú/SC-Brasil
+5548991451955

MENOPAUSA – RESSECAMENTO VAGINAL

MENOPAUSA – RESSECAMENTO VAGINAL

MENOPAUSA

MENOPAUSA – RESSECAMENTO VAGINA

A MENOPAUSA período que refere-se a última menstruação que ocorre normalmente entre os 45 à 55 anos.

Fase marcada por uma série de incômodos, mudanças físicas, comportamentais e psicológicas.

Os sintomas que marcam a entrada do climatério, são parecidos com de uma forte TPM.

Oscilações hormonais, irregularidades e variações no fluxo menstrual, insônia, palpitações, falta de concentração, calorões, enxaquecas, alterações de humor, inchaço nas mamas, tristeza profunda e em alguns casos até depressão.

A menopausa também é marcada pela perda da capacidade da produção do estrogênio, hormônio feminino.

 

CLIMATÉRIO

Climatério que significa “fase crítica” acontece por volta dos 40 anos e se estende até a pós-menopausa.

Este período é marcado por transformações emocionais e físicas, em decorrência do desequilíbrio na produção dos hormônios femininos.

 

MENOPAUSA E O SEXO

Já nas questões sexuais, diversos sintomas são apresentados isolados ou em alguns casos em conjunto.

Dentre os mais comuns estão os “calorões” fogachos (ondas de intenso calor), queda ou perda total da libido, desconfortos e dores durante o ato sexual, e o que irei destacar neste post, o ressecamento vaginal.

 

RESSECAMENTO VAGINAL

O ressecamento vaginal ocorre com mais frequência no período da menopausa.

Porém tenho recebido algumas reclamações de mulheres muito jovens com este sintoma.
Começamos a avaliação investigando as questões fisiológicas, hormonais e depois o contexto geral psicológico.

Principais causas do ressecamento vaginal:
1) ALTERAÇÕES HORMONAIS:

  • ✓ Menopausa: a mulher tem uma diminuição da produção de estrogênio (hormônio responsável por manter uma fina camada de líquido lubrificante nas mucosas da vagina) causando a secura vaginal;
  • ✓ Após parto/amamentação;
  • ✓ Uso de remédios: para tratar miomas uterinos, endometriose.

2) USO DE MEDICAMENTOS (ressecamento mucosas vaginal):

  • ✓ Anti-histamínicos;
  • ✓ Tratamento asma;
  • ✓ Gripes ou resfriados;
  • ✓ Ansiolíticos;

3) ANSIEDADE:

  • ✓ Está diretamente ligada a falta de libido, está que depende de fatores fisiológicos e psicológicos para existir;

4) FALTA DE ESTÍMULOS:

  • ✓ Para a maioria das mulheres as preliminares auxiliam no processo de lubrificante e preparação da penetração;
  • ✓ Além do tesão ser necessário (estar a fim), as carícias, facilitam a produção de lubrificação.

 

Mediante qualquer sintoma, procure um especialista.

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário

X